Pular para o conteúdo
Voltar

Presidente da FAPEMAT recebe visita do reitor da UFMT

Em pauta, editais de pesquisa e formação de recursos humanos

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat) recebeu ontem (02/09),  a visita do  reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), professor Evandro Soares da Silva, a vice-reitora, professora Rosaline Lunardi e o pró-reitor de Pesquisa (Propeq), professor Leandro Dênis Battirola, em pauta, editais que envolvem a UFMT e demandas da sociedade.

 

Durante a reunião, o reitor Evandro Soares enalteceu o trabalho realizado pela Fapemat, especialmente pela celeridade na divulgação, contratação e repasse de recursos aos pesquisadores dos editais lançados neste ano. Endossou a carta encaminhada pelas instituições públicas de ensino superior de Mato Grosso à Fapemat sobre  a questão do Edital Universal, pois entende ser necessário contemplar todas as áreas indistintamente. Salientou a importância da interação entre a Fundação e as instituições de ensino superior (IES) no fomento à pesquisa, permitindo a aproximação das IES do setor produtivo, por meio dos editais voltados à inovação.

 

O reitor focou a sua fala sobre a nova política de pesquisa da UFMT e a importância da infraestrutura de pesquisa, principalmente dos laboratórios multiusuários, inclusive com o aporte de recursos financeiros. Explicou que, por meio desses laboratórios, a Universidade poderá atender não só vários grupos e linhas de pesquisas, mas também atender as demandas externas, como do próprio governo do Estado e do setor produtivo em diversas áreas do conhecimento, com a prestação de serviços e análises, dentre outros.

 

O reitor reforçou o papel dos editais universais e da relação social da pesquisa, considerando a importância das pesquisas básicas em todas as áreas de conhecimento, uma vez que são a base para as pesquisas aplicadas que gerarão produtos.

 

O presidente da Fapemat, Marcos de Sá, e o diretor Científico, Flávio Teles, disseram que essas ações estão sendo planejadas e negociadas e que deverão em breve ser atendidas. Afirmaram ainda que as demandas da UFMT serão consideradas e contam com o apoio da Universidade na definição dessas ações.