Pular para o conteúdo
Voltar

Presidente da Fapemat participa de videoconferência para realizar balanço das atividades do Conselho Nacional de Fundações Estaduais (Confap)

Numa reunião por videoconferência nesta sexta-feira (21/08), representantes das 26 Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Faps), realizaram o balanço das atividades do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e analisaram as futuras ações do Conselho para o ano de 2021. Na reunião também estavam representantes convidados da da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

 O presidente do Confap e da Fapeal (Alagoas), prof. Fábio Guedes Gomes, conduziu a reunião, e apresentou aos membros do Conselho as últimas ações de destaque realizadas pelo Confap, como a assinatura nesta semana do Memorando de Entendimento (MoU), com a Wallonie-Bruxelles International (WBI), que possibilita a cooperação técnica entre as entidades e o intercâmbio científico entre o Brasil e a Bélgica; e recentes tratativas de parcerias que estão sendo alinhadas com a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE), Instituto Serrapilheira, Departamento Australiano de Educação, Capacitação e Emprego (DESE) e Tropical Water Research Alliance – TWRA, que irão possibilitar a atuação conjunta das FAPs em ações estratégicas nacionais e internacionais de CT&I.

Guedes destacou também a importante atuação dos membros do Conselho no apoio que houve para a votação no Senado Federal, no dia 13/08, que aprovou o Projeto de Lei Complementar (PLP 135/2020), para transformar o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) em fundo financeiro, e proibir o contingenciamento dos recursos para CT&I. O projeto segue agora para a Câmara dos Deputados.

O Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação e Presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat), Sr. Nilton Borgato, participou da reunião e fez suas ponderações, “com a determinação do governador, temos de fazer novos investimentos, procurando uma ligação mais forte com as Instituições (ICTs), com pesquisadores, ressaltando que a Fapemat  vai estar presente em todas as ações com o Confap, e nos colocamos a disposição  no  que pudermos para  contribuir para a valorização das pesquisas”.

Relatório Fiscal de 2019 do Confap

No final da reunião, os membros do Conselho Fiscal do Confap, que é composto pelo prof. Odir Dellagostin (Fapergs); prof. Dênio Rebello Arantes (Fapes); profª. Márcia Perales Mendes Silva (Fapeam); e suplente – prof. Roberto Germano (Fapesq), apresentaram parecer favorável sobre o exercício fiscal de 2019 do Conselho, e o conjunto de presidentes aprovaram, por unanimidade, as despesas de execução das atividades do Confap, que congrega 26 Fundações   que lançou editais em 8 estados brasileiros, teve 279 propostas recebidas e 62 propostas aprovadas em sua primeira edição. Bortolini e Kappel destacaram o importante apoio que as FAPs deram para execução dos programas em seus respectivos estados.